23 de mar de 2017

Review YN 600 Air & YN 300 III


Review YN 600 Air &¨YN 300 III

  Vídeo feito para o canal Ensinando e Aprendendo.
  Demonstração do YN 600 Air comparando com o YN 300III. 
 


Sobre o ajuste fino do YN 600 - É possível configurar para que ao ligar, o ajuste seja o de 10 em 10 (rápido) ou ajuste fino. É possível configurar os botões de forma independente. EX: Ajuste fino no esquerdo e ajuste rápido no direito. Para configurar, ligue o aparelho. Selecione o modo que você quer que seja o inicial, segure o botão "C-Fine" por 5 segundo.Os números vão piscar indicando que a seleção foi configurada. Para reforçar. pois não ficou claro no vídeo. Com o LED ligado com bateria, somente o lado que estiver com a bateria vai funcionar. Logo, a potência máxima do aparelho só é possível com as duas baterias ligadas ao mesmo tempo.

10 de jun de 2016

11 de abr de 2015

Inventar, criar e criatividade.

         Definindo Inventar como fenômeno decorrente da interação de conhecimentos pré-existentes, que acaba por gerar algo novo. Que não vem apenas resolver um problema, como é o caso da criatividade, mas sim ampliar as questões com um novo olhar sobre determinado objeto.
Partindo da ideia de que “Nada vem do Nada”, entendemos então que o ato de “inventar” e “criar” têm como material fomentador todo o conhecimento presente no sujeito que realiza a ação.

      A Autora Virginia Kastrup comenta que não há diferença significativa nas definições entre Inventar e Criação.

         Tentando entender melhor se existe e qual seria a diferença entre Criar e Inventar penso que ao Criar algo, o sujeito criador já tinha como objetivo e finalidade “criar algo”. A partir de um problema visualizado, o sujeito tentar Criar uma solução. Na invenção não existe a finalidade ou o problema a ser solucionado. A invenção vem de diversos conhecimentos, que até então, não tinham relação com o objeto inventado. Não havia um problema a ser resolvido ou um objetivo claro. É a descoberta acidental de soluções ou de outros problemas.

          Criatividade seria a habilidade do sujeito em encontrar soluções para problemas, usando como ferramenta o conhecimento preexistente, em novas abordagens para o problema encontrado. Soluções originais, usadas em contextos certos.

         Temos que criar um outro conceito de criação? Eduardo Viveiros de Castro.
Entre diversos assuntos abordados que influenciam a criação, como os direitos autorais e a democratização da informação graças a internet, o que me chamou mais  atenção devido ao meu interesse antigo sobre esse assunto, foi a observação sobre o Manifesto Antropofágico de Oswald de Andrade. Junto a frase de Chacrinha “ Nada se cria, tudo se copia”
A discussão sobre a verdadeira identidade nacional, onde alguns nos levam a entender que nossa origem estaria na cultura indígena. Tentar encontrar nossa identidade “original” e combater a cultura externa que está presente na nossa atualidade. Encontrara ou criar algo “puro”, onde se encarnaria o espírito brasileiro, desconsiderando já toda influencia e enraizamento da cultura externa, a meu ver, é um erro.

Neste ponto, o Manifesto Antropofágico ainda se faz necessário na tentativa de criar uma linguagem cinematográfica, por exemplo. 

17 de dez de 2013

Estamos de volta!

 

Depois de muito tempo, vou retomar as publicações no blog.

Mudando o foco das publicações, voltando a atenção para cinema e afins. Principalmente para a parte técnica e teórica do audiovisual.

Junto seguem fotos do meu trabalho de fotografia, do segundo semestre na UFC. Fotos tiradas no mercado São Sebastião, em Fortaleza- CE

Abraços!!

9   5 8

23 4

9 de set de 2009

Convertendo Arquivo Mod para MPEG


Com a chegada da JVC EVERIO MS 120, veio junto um problema que me custou um FDS pra resolver. A JVC grava em arquivo MOD, que é um arquivo MPEG com uma faixa de audio diferente e que não é suportada pelo Adobe Premiere. Começei a minha jornada para achar um programa que convertesse MOD par MPEG ou AVI. Abaixei tudo que é programa que encontrei pela frente, e na busca de Crack para os programas, meu computador ficou com mais viros que corrimão de hospital, usei o Sony Vegas que importa o arquivo mas perde muito a qualidade, codecs para o premiere, até que encontrei o programa SDCOPY, que decodifica o arquivo apenas renomeando, e que praticamente não tem perda de qualidade, só que o som não saia no Premiere, e voltei as buscas por programas,em um forum, me indicaram o Mpegstreamclip, foi a solução para usar no premiere, pra quem for usar, converta o Arquivo .MOD para formato DV. O Mpegstreamclip é facil deachar. o problema é que tem que instalar o Quicktime Alternative 1.81, sem isso, não funciona o arquivo .MOD,decidi colocar aqui. então, conclusões de 3 dias de sofrimento.

Programa para converter arquivo MOD par MPEG pra quem for assistir ou gravar um DVD: SDCOPY , baixe AQUI (que tem menos de 1 MB)



O Mpegstreamclip é para usar no Premiere, baixe o Mpegstreamclipe o Quicktime alternative 1.81, Download Mpegstreamclipe AQUI e Download QuickTime AQUI

*** Descobri, pelo site www.videobr.com.br, pelo forum, que se você renomear a extenção do arquivo MOD, e mudar para .M2V funciona que é uma beleza, pro premiere.
Abraço e T+

ATUALIZAÇÂO= não consegui instalar o QuickTime no Windows7, mas nen tentei muito. Agora Uso o SDCopy e renomeio pra M2V e seleciono a opção de 16:9 , no meu caso, e só,.
 As vezes da uma piscada Verde na tela. ainda não sei porque..